A ética dentro das artes marciais


No Karatedō há um conjunto de preceitos que está condensado no que conhecemos como Dōjōkun. Historicamente, estes princípios consistem em cerca de cinco normas ou regras que devem guiar os passos de todos os praticantes dentro da longa via que esta arte marcial representa. 

O Dōjōkun vem da China, há muito tempo, e suas origens perdem-se na poeira do tempo... querer afirmar quem foi o primeiro a utiliza-lo em Okinawa é simplesmente impossível. 

O Dōjōkun pode variar de escola para escola, não há uma padronização. Existem muitas variações do Dōjōkun. 

Vejamos algumas:
  • As instruções do Dōjō Shitō-ryū. 
    • Importante, não esquecer a intenção original – “Determinação". 
    • Importante, não negligenciar a etiqueta – “Moral". 
    • Importante, não negligenciar o esforço – “Desenvolvimento". 
    • Importante, não perder o bom senso – “Discernimento". 
    • Importante, não perturbar a harmonia - “Paz".
  • As instruções do Dōjō Shōtōkan. 
    • Importante, esforçar-se para desenvolver o caráter. 
    • Importante, defender o caminho da verdade. 
    • Importante, nutrir o espírito de esforço. 
    • Importante, considerar importante a cortesia. 
    • Importante, proibir o ímpeto violento. 
  • As instruções do Dōjō Gōjūkai. 
    • Importante, ter orgulho por estudar a "Via do Gōjū". 
    • Importante, ser educado / cortês. 
    • Importante, esforçar-se para desenvolver a simplicidade e o vigor físico. 
    • Importante, nutrir o espírito de união e convívio (fraternidade). 
    • Importante, respeitar a ética e as tradições guerreiras do antigo Japão. 
    • Isto é tudo! 
  • As instruções do Dōjō Wadō-ryū. 
    • Importante, considerar a cortesia importante. 
    • Importante, ser sério em tudo que fizer. 
    • Importante, treine com o corpo e a alma e refine constantemente as técnicas. 
    • Importante, esforce-se para desenvolver o caráter. 
    • Importante, estude (pesquise) o Caminho da paz. 
  • As instruções do Dōjō da Associação de Gōjū-ryū Karate-dō de Okinawa. 
    • Importante, ser humilde e considerar a cortesia importante. 
    • Importante, no treino aplicar a força física de forma moderada. 
    • Importante, pesquisar e treinar de forma séria. 
    • Importante, use a rapidez à vontade, mas de forma calma e tranqüila. 
    • Importante, considere a higiene importante. 
    • Importante, viva uma vida modesta (simples). 
    • Importante, não seja orgulhoso. 
    • Importante, continue a prática sem fraquejar ou desistir. 
Embora os ensinamentos das diversas escolas apresentem ligeiras diferenças, todos mantêm os princípios de cultivo de virtudes. 

---------------------------------------

Referências

ANDRETTA, Denis Augusto Cordeiro. Minhas reflexões: A ética dentro das Artes Marciais. Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Fevereiro de 2006.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Destaque

Entrevista com Kenzō Mabuni

Kenzō Mabuni 1. Quando teu pai começou a praticar Karate? Quando tinha 13 anos.  2. Quem foram seus professores? Itosu Sensei e Hig...