Conversando sobre artes marciais japonesas - Parte 7

Olá!

(^_^)

Nosso repertório está aumentando a cada dia: Karatedō, Kobudō... e agora “Iaidō”!

Vou começar respondendo uma pergunta obvia: “O que é o Iaidō?

Para responder isso, irei usar as palavras de um de meus Sensei de Iaidō, Javier Machado:
“O Iaidō é uma arte marcial que se pratica sozinho (individualmente), usando uma Katana (espada japonesa), através da prática dos Kata, cada um deles representa uma forma de reagir frente a uma situação ou tipo de ataque diferente. Tecnicamente, falando o Iaidō trata-se da “arte de desembainhar a espada”. (MACHADO, Javier)
Kanji: 居合道
Kana: いあいどう
Rōmaji: Iaidou
Hepburn: Iaidō

居 I [い] (í): “ser”, “existir”, “viver com”;
合 AI [あい] (áí): "unir", “unir-se”;
道 DŌ [どう] (dôô) via, caminho.

Sendo assim, temos:

居 + 合 + 道
I + AI + DŌ

Sendo assim, Iaidō quer dizer: 

居合道 IAIDŌ [いあいどう] (íáídôô): caminho para a unidade do ser, via para a unidade do ser.

Ah! Das três artes marciais até agora abordadas o Iaidō é a única autenticamente japonesa e, portanto é a única que conta na listagem das Bugei Jūhappan (As 18 artes marciais) japonesas:
  1. Jū-jutsu / Kenpō [柔術 拳法] "Artes de defesa desarmadas";
  2. Ken-jutsu / Gekken-jutsu [剣術] "Artes da Espada";
  3. Iai-jutsu / Batō-jutsu [居合術] "Arte de Sacar a Espada";
  4. Kusarifundō-jutsu [鎖分銅術] "Arte da Corrente com Peso";
  5. Kusarigama-jutsu [鎖鎌術] "Arte da Foice com Corrente";
  6. Bō-jutsu [棒術] "Arte do Bastão Longo";
  7. Sō-jutsu [創術] "Arte da Lança";
  8. Naginata-jutsu [長刀術] "Arte da Alabarda";
  9. Suiren [水蓮] "Natação";
  10. Ba-jutsu [馬術] "Arte de Equitação";
  11. Kisha-jutsu [騎弓術] "Arte do Arco e Flecha a Cavalo";
  12. Jō-jutsu [杖術] "Arte do bastão de 3/4";
  13. Kyū-jutsu [弓術] "Arte do Arco e Flechas";
  14. Yoroi-kumi-uchi [鎧組打] "Arte da Luta com Armaduras";
  15. Hojō-jutsu / Hobaku-jutsu [捕縄術] "Arte de Atar com Cordas";
  16. Jitte-jutsu [十手術] "Arte do Jitte (arma japonesa)";
  17. Hō-jutsu [砲術] "Arte da Artilharia";
  18. Nage-ken-jutsu / Shuriken-jutsu [投剣術手裏剣術] "Arte do Lançamento de lâminas".
Aqui sim... falar em Bushidō, Katana, Samurai... faz algum sentido!

É interessante mencionar que na Era Edo (1603-1868), juntamente com as matérias acadêmicas era exigido que os guerreiros aprendessem seis Artes Marciais, grupo conhecido como Bugei Roppan, cinco delas já mencionadas na lista acima, porém aqui surge uma nova modalidade: Teppō-jutsu (Artes de armas de fogo), que foram introduzidas no Japão pelos portugueses em 1543.

Bugei Roppan:

  1. Ken-jutsu [剣術] – "Artes da espada";
  2. Sō-jutsu [創術] – "Artes da lança";
  3. Kyū-jutsu [弓術] – "Artes do arco e flechas";
  4. Ba-jutsu [馬術] – "Arte da equitação";
  5. Jū-jutsu [柔術] "Artes de defesa desarmadas" (todas);
  6. Teppō-jutsu [鉄砲術] – "Artes de armas de fogo".

Estas seis artes marciais juntamente com a Gunji-senryaku (estratégia militar) eram denominadas "as sete artes marciais" e eram ensinadas como Bushidō (o caminho do guerreiro).

O Karatedō e o Kobudō são artes marciais oriundas de Okinawa (Ryūkyū) que foram exportadas, recentemente (entre as décadas de 20 e 30), para o Japão, portanto não estão em nenhuma das duas listas e da mesma forma não são tidas como artes marciais japonesas tradicionais. Contudo, atualmente, figuram entre as Gendai Budō (artes marciais modernas).

 Denis Andretta
Porto Alegre/RS
19 de fevereiro de 2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Destaque

Entrevista com Kenzō Mabuni

Kenzō Mabuni 1. Quando teu pai começou a praticar Karate? Quando tinha 13 anos.  2. Quem foram seus professores? Itosu Sensei e Hig...