Conversando sobre artes marciais japonesas - Parte 6

Olá!

(^_^)

Já abordei o termo Karatedō... ideogramas, transcrições, significados literais, etc.

Hoje falarei um pouco sobre o Kobudō!

Como o Kobudō não é lá uma arte muito popular em nosso país, talvez alguém tenha pensado: “O que é o Kobudō?

Outrora conhecido como Ryūkyū Kobujutsu, e atualmente como Kobudō, trata-se de uma arte marcial que utiliza técnicas de “armas” para executar métodos de defesa pessoal.

A palavra Kobudō, assim como o Karatedō, é forma por três ideogramas:

Kanji: 古武道
Kana: こぶどう
Rōmaji: Kobudou
Hepburn: Kobudō

Sendo assim, temos:

古+ 武 + 道
KO + BU + DŌ

Analisando cada um deles temos:

古 KO [こ] (cô): velho(s), antigo(s);
武 BU [ぶ] (bú) militar(es), marcial(ais);
道 DŌ [どう] (dôô) via(s), caminho(s).

Possíveis traduções literais:

Antiga(s) + Militar(es) + Via(s)
Antiga(s) + Marcial(ais) + Via(s)
Antigo(s) + Militar(es) + Caminho(s)
Antigo(s) + Marcial(ais) + Caminho(s)

Sendo assim, Kobudō quer dizer: 

古武道 KOBUDŌ [からてどう] (côbúdôô) vias militares antigas, vias marciais antigas, caminhos militares antigos, caminhos marciais antigos.

No entanto, há dois tipos de Kobudō, um de Okinawa e um do Japão.

Sim, isto mesmo... o Kobudō não é uma via única... e, atualmente, há uma confusão generalizada no que se refere a estas duas vertentes. Estas duas formas não tem nada a ver uma com a outra e as diferenças existentes entre elas devem ser observadas na transmissão dos ensinamentos nas escolas pertinentes. 

Enquanto que o Kobudō japonês prima pela escolha das armas utilizadas nas "artes tradicionais japonesas", o Kobudō de Okinawa é uma compilação de diversas “Artes Marciais Antigas” de Ryūkyū (atual Okinawa), onde se maneja diversos antigos instrumentos agrícolas, dentre os quais se destacam a Tonfā (bastão rotatório), a Kama (foice) e o Nunchaku (bastão articulado), entre outras... e também o Bō (bastão longo) e o Sai (garfo), que eram armas dos antigos guerreiros de Ryūkyū. O Kobudō de Okinawa prima pela utilização de instrumentos usados no dia a dia devido, segundo consta, as proibições do porte de armas, primeiro na unificação do reino de Ryūkyū e, posteriormente, na ocupação japonesa no arquipélago. 

Então, quando alguém diz que pratica Kobudō sem especificar a origem, Okinawa ou Japão, não fornece informação suficiente para que se possa saber qual o tipo de armamento será utilizado.

No caso das escolas de Karatedō é natural falar em Kobudō de Okinawa, uma vez que o próprio Karatedō é de Okinawa.

De forma simples...

Kobudō japonês é Kobudō japonês, Kobudō de Okinawa é Kobudō de Okinawa! 

Uma curiosidade...

O Bushidō, a Katana fazem parte do Kobudō Japonês.


Denis Andretta
Porto Alegre/RS
12 de fevereiro de 2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Destaque

Entrevista com Kenzō Mabuni

Kenzō Mabuni 1. Quando teu pai começou a praticar Karate? Quando tinha 13 anos.  2. Quem foram seus professores? Itosu Sensei e Hig...