Kimono, existe isso em Karatedō?

Sem rodeios... Não! Não existe.

Obviamente, mesmo os não praticantes de Karatedō já ouviram falar em Kimono e, de fato, é bem comum vermos as pessoas (inclusive instrutores) referir-se ao uniforme para a prática desta arte marcial por tal nome.

Contudo, não se usa Kimono nem em Karatedō... nem em nenhuma arte marcial japonesa... 

A palavra Kimono significa literalmente "coisa de/para vestir", sendo:
  • 着 Ki [き] "vestir, usar (roupa)";
  • 物 Mono [もの] "coisa, objeto".
Kimono, portanto, é a roupa de uso diário no Japão (que pode ser tradicional ou exatamente igual a nossa), ou seja, é qualquer "coisa de/para vestir", por isso tal termo não define qualquer roupa que possa ser usada para a prática de qualquer arte marcial japonesa.

Exemplos de Kimono:



Na realidade para arte marcial japonesa específicas existem roupas específicas. No caso dos praticantes de Karatedō, se usa o Karatedōgi:
  • 空手道衣 Karatedōgi [からてどうぎ] roupa de/para Karatedō.

Gi, neste caso, significa “roupa”.
  • 衣 Gi [ぎ] roupa(s).
De uma forma mais geral e abrangente podemos chamar o uniforme de Keikogi ou ainda de Dōgi.

A expressão Keikogi quer dizer "roupa de/para treino", sendo:
  • 稽古 Keiko [けいこ] - "prática, treino";
  • 衣  Gi [ぎ] roupa(s).
No caso de Dōgi, dependendo do Kanji utilizado, pode ser traduzido das seguintes maneiras:
  • 道衣 Dōgi [どうぎ] "roupa do caminho, da via";
  • 動衣 Dōgi [どうぎ] "roupa de movimento, roupa de treino".
O Karatedōgi divide-se em três partes:
  • 上着 Uwagi [うわぎ] "parte de cima, casaco";
  • 下履 Shitabaki [したばき] "parte de baixo, calças";
  • 帯  Obi [おび] "cinto, faixa".
Importante: Em alguns casos, no ocidente, já se tornou “normal”[1] chamar a arte unicamente de “Karate” e, sendo assim, também é “normal” a utilização da palavra “Karategi” para referir-se ao uniforme.
  • 空手衣 Karategi [からてどうぎ] roupa de/para Karate.
---------------
Referências:

GOULART, Joséverson. Kimono... isso não existe em Karatedō! Disponível em: (Grupo de discussões MSN - Encerrado). Acesso em: 25 de Novembro de 2007.

GOULART, Joséverson. KIMONO 着物 - Isso não existe em Karatedō! Disponível em: http://jojimonogatari.blogspot.com. Acesso em: 10 de Janeiro de 2012.

----------------
Notas:

[1] Quando coloco a palavra normal entre aspas, o faço para indicar que embora isso tenha se tornado “normal” não quer dizer que esteja correto. Lembre-se sempre do velho ditado: “O errado é errado, mesmo que todo mundo esteja fazendo. O certo é certo, mesmo que ninguém esteja fazendo.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Destaque

Entrevista com Kenzō Mabuni

Kenzō Mabuni 1. Quando teu pai começou a praticar Karate? Quando tinha 13 anos.  2. Quem foram seus professores? Itosu Sensei e Hig...