II treinamento técnico com Ivonei Dambros

Final de semana agitado, divertido e proveitoso para os membros da Associação Gaúcha de Karatedō Shitōryū [AGKS].

Conforme havia ficado combinado na visita dos membros da AGKS à cidade de Videira, Santa Catarina, em agosto do ano corrente, recebemos a visita do Sensei Ivonei Dambros, 4º Dan em Karatedō Shitōryū, Presidente da Associação Shitōkai do Brasil, no último final de semana, 14 e 15 de novembro.

Sensei Ivonei Dambros desembarcou em Porto Alegre às 6:15 hs, depois de uma longa viagem de 9 horas de duração.

Foram três treinamentos ao longo do sábado e do domingo, divididos em duas localidades diferentes, Corpore Centrum Academia e Sociedade de Engenharia do Rio Grande do Sul.

No sábado, os treinos foram divididos em dois turno, manhã e tarde, às 9:00 e 15:00 hs respectivamente. Na parte da manhã, após as devidas apresentações, foram treinados Kihon (fundamentos). À tarde a ênfase recaiu sobre o Tenshin-happō (deslocamento nos oito direções), Kata (formas) e Bunkai (análise).

Professor de didática e conhecimento invejáveis, Sensei Ivonei Dambros, minuciou os aspectos básicos, as direções de deslocamento e o desenvolvimento dos Kata de forma única. Trajetória de movimentos (Uke-waza, Tsuki-waza, Keri-waza), formação e deslocamento de bases (Moto-dachi, Zenkutsu-dachi, Shikō-dachi, Neko-ashi-dachi), descontração e contração para a busca do Kime, execução e Bunkai dos Kata básicos (Jūni no kata e os 5 Heian) e do Kata Kōsōkun-dai... foram alguns dos temas abordados.

Ao meio dia reunimos boa parte dos participantes para almoçar no Ipanema Grill Lagos, um restaurante próximo do Dōjō com comida de boa variedade e qualidade. 

No final da tarde, quem teve condições foi à “Beira de Ipanema” para visitar a orla do Lago Guaíba na Zona Sul da cidade de Porto Alegre, um lugar muito agradável, que possui um calçadão, ciclovia, locais exercícios físicos e esportes em geral... bem como alguns bares com lanches e bebidas.

Durante a noite , a Churrascaria Roda de Carreta, localizada ao lado do Centro de Tradições Gaúchas (35 CTG), foi o destino com o objetivo de degustar um tradicional churrasco gaúcho e também para assistir algumas apresentações de danças tradicionais gauchescas, show com boleadeiras e facões... tudo isso acompanhado por música nativista.
O primeiro dia de treinamento foi muito intenso. Minha jornada começou antes de cinco da manhã rumo à Rodoviária de Porto Alegre para recepcionar o Sensei Ivonei que passou a noite inteira em viagem. Quando saímos da rodoviária fomos para a casa do Rafael Ilhescas, onde acomodamos o Sensei Dambros e aproveitamos para colocar os assuntos em dia e tomarmos café da manhã. Tudo isso em um ótimo clima que somente aqueles que já estiveram na presença do Sensei Ivonei Dambros conhecem. Logo após, seguimos para a sede central da AGKS, na Corpore Centrum Academia, para iniciarmos os trabalhos técnicos, que como sempre foi muito proveitoso... as quase 3 horas de treinamento passaram rapidamente visto o clima agradável do treinamento. 
Após o almoço e um pequeno intervalo, as atividades foram retomadas e não foram menos interessantes daquelas que já haviam sido desenvolvidas no turno da manhã. À tarde o treinamento teve a duração de cerca de duas horas e meia. No final da tarde, após o encerramento das atividades do primeiro dia de treinamento, reunimos um pequeno grupo para fazer um passeio na “Beira de Ipanema”, localizada na orla do Lago Guaíba, um dos locais mais frequentado pelos gaúchos que residem na Zona Sul de Porto Alegre. À noite, fomos até a Churrascaria Roda de Carreta, localizada ao lado do 35 CTG, para degustar um churrasco à moda gaúcha e assistir algumas apresentações tradicionalistas, tais como danças e boleadeiras. Particularmente, não me agradou a qualidade do churrasco servido no local o que fez com que o Show de Boleadeiras tenha salvado a noite... Encerramos a noite por volta da meia-noite e embora o dia tenha sido cansativo devido a intensidade e a variedade de atividades fui dormir cansado, mas muito feliz.” (ANDRETTA, Denis).
No domingo, as atividades seguiram e iniciaram por volta das 9:00 hs da manhã, desta vez na Sociedade de Engenharia do Rio Grande do Sul, localidade na qual o Senpai Rafael Ilhescas tem um ótimo espaço e uma ótima estrutura a disposição para desenvolvimento de atividades relacionada ao Karatedō Shitōryū.

Neste dia, o Sensei Ivonei Dambros minuciou os Bunkai de alguns Kata, passando por diversos níveis de ensino e aprendizagem, sempre mostrando uma excelente progressão pedagógica através de trabalhos educativos... passando pelo Bunkai “oficial” dos diversos Kata e chegando a opções avançadas para os mesmos exercícios. O Kata Sūparinpei também foi abordado, os detalhes de cada uma das técnicas, os pontos importantes na execução e a respectiva aplicação prática foram enfatizados.

No final do treinamento, Dambros-sensei elucidou algumas dúvidas e falou a respeito da importância da união do grupo, abordou a seriedade necessária para a busca da qualidade para o crescimento pessoal de cada praticante, agradeceu o empenho e elogiou a qualidade do grupo gaúcho de Karatedō Shitōryū afiliado a Associação Shitōkai do Brasil.

Após o encerramento, o Professor Denis Andretta aproveitou para levar o Sensei Ivonei à alguns lugares considerados pontos turísticos de Porto Alegre. Sendo assim, após o almoço no Barra Shopping ocorreram visitações ao Estádio Beira Rio, ao Parque Farroupilha (Redenção), à Catedral Metropolitana, à Praça da Matriz, ao Theatro São Pedro... a excursão pela cidade de Porto Alegre encerrou na Usina do Gasômetro.

Já no final do domingo, retornaram à Rodoviária de Porto Alegre, onde às 21:00 hs o Sensei Ivonei Dambros embarcou para sua cidade, Videira, em Santa Catarina.
O segundo dia de atividades iniciou cedo também, às 9:00 hs da manhã de domingo já estávamos dentro do Dōjō da Sociedade de Engenharia dando início ao treinamento deste dia. Assim como aconteceu no dia anterior, Sensei Ivonei foi muito prestativo, didático e mostrou um conhecimento ímpar a respeito do Karatedō Shitōryū. 
Ao término do treinamento o Sensei Ivonei falou a respeito da filosofia marcial e suas nuances usando palavras que, confesso, me emocionaram muito pela verdade e profundidade que continham. 
Aproveitei a ocasião para entregar-lhe uma pequena lembrança de reconhecimento e agradecimento por tudo que tem feito pelo Karatedō Shitōryū, não somente em nível de Rio Grande do Sul, mas também em nível nacional. Qualquer coisa que eu diga, não será capaz de mostrar o real agradecimento que eu tenho ao Sensei Ivonei por toda a dedicação, pelos conselhos e pelo apoio ao nosso trabalho. Da mesma forma, nunca serei capaz de retribuir a receptividade, o carinho e a amizade por nós recebida de Ivonei-sensei quando estivemos em Videira, Santa Catarina. Conforme deixamos combinado, esperamos encontra-lo novamente, no mês de fevereiro do próximo ano, para podermos desfrutar da ótima energia e do conhecimento que emana de Dambros-sensei. 
Saindo do âmbito do Dōjō, tivemos ótimos momentos na tarde de domingo... visitando algumas localidades de destaque da cidade de Porto Alegre. Pena que o tempo que tínhamos era curto, mas com certeza em outras oportunidades poderemos conhecer outros lugares juntos. Nossa primeira parada foi o Beira Rio, Estádio de futebol do Esporte Clube Internacional. Somente o amor ao Karatedō e a amizade ao Ivonei-sensei são capazes de fazer um gremista entrar na casa do inimigo... kkkkkkk... brincadeiras à parte, o estádio Beira Rio está lindíssimo, após a reestruturação para a última Copa do Mundo e é uma visitação que eu recomendo à todos (sim, aos gremistas também!). Depois fomos ao Parque Farroupilha, a popular Redenção, cantado em prosa e verso em músicas gaúchas e em alguns casos levada para além das fronteiras do Estado, como fizeram Kleiton e Kledir em décadas passadas. Logo em seguida, fomos ao centro da capital onde ficam alguns marcos da cidade. Visitamos a Catedral Metropolitana, que impressiona pela estrutura, design e tamanho. Passamos pela praça da Matriz, onde está situado o monumento à Júlio de Castilhos e entramos no Theatro São Pedro, onde infelizmente tivemos que fazer uma visitação parcial, pois no momento em que chegamos estava acontecendo um espetáculo. Para encerrar nossa jornada pela capital dos gaúchos fomos à Usina do Gasômetro, localizada ao lado do Cais do Porto, onde tivemos a felicidade de assistir ao por do sol... um verdadeiro espetáculo que o cenário natural de Porto Alegre nos proporciona, todos os dias. 
Enfim, foi um final de semana espetacular de bom treinamento e ao lado de pessoas agradáveis. Gosto de escrever muito e se deixarem faço um livro sobre todas estas experiências, então para não me estender mais do que já fiz... encerro por aqui agradecendo a cada uma das pessoas presentes... David Silva, Eduardo Thier, Cadu Moraes, Gustavo Costa, Cristiane Costa, Davidson Fontoura e Bruno Zitto... sem vocês nada acontece. Necessito também agradecer de forma especial à Robson Santos, pelo apoio financeiro, à Rafael Ilhescas, pela iniciativa de providenciar de um local para acomodação do Sensei Ivonei, à minha esposa, Adriana Santos, que ao meu lado teve uma semana inteira de muito trabalho, que foi desde a limpeza e organização do Dōjō até a confecção dos certificados de participação entregue aos presentes nos dois dias de treinamento. Um último agradecimento à minha irmã, Daniela Bolzan, e ao meu cunhado, Davi Bolzan, que gentilmente cederam seu veículo para que eu pudesse fazer os traslados necessários durante todo o final de semana. 
Ao Sensei Ivonei, me faltam palavras para expressar a gratidão. Imaginem a seguinte cena... dezoito horas de viagem em menos de três dias, em um ônibus nada confortável, onde dormir é uma tarefa extremamente difícil devido o grande numero de paradas. Pouquíssimo tempo para “descansar” antes de duas sessões de treinamento, no primeiro dia. Uma curta noite de sono e outra jornada intensa no segundo dia. Tudo isso para ajudar pessoas que assim como ele amam o Karatedō Shitōryū... como dizia uma antiga propaganda de publicidade de um cartão de crédito ‘tem coisas que o dinheiro não paga’... Da minha parte, um forte abraço de agradecimento e o suor no Karategi foram as formas simplistas de mostrar o quão importante isso tudo é para mim... Domō arigatō gozaimashita, Sensei!” (ANDRETTA, Denis). 
    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Destaque

Entrevista com Kenzō Mabuni

Kenzō Mabuni 1. Quando teu pai começou a praticar Karate? Quando tinha 13 anos.  2. Quem foram seus professores? Itosu Sensei e Hig...